segunda-feira, 5 de março de 2012

Aniversário da Ana Cris 2012



201202290950O4 — 18.863 D.V.



                “Comparar Martin com Tolkien já perdeu a razão de ser. A partir de agora a comparação mais sensata é com a obra de William Shakespeare.”  [Faren Miller]



Nesse último sábado nos reunimos mais uma vez no Estação Gourmet, desta feita para comemorar o aniversário de Ana Cristina Rodrigues, no primeiro evento de 2012 e também a primeira reunião após a cirurgia de redução bem-sucedida da aniversariante.  Curiosamente, Lucas Rocha, um dos principais incentivadores dessa comemoração, fez forfeit.  A homenageada informou que promoverá represálias.J

*     *      *



Além dos integrantes habitués dos eventos e noitadas da ficção científica carioca, desta vez contamos com a presença do casal Raphael Draccon & Carolina Munhoz.

Raphael Draccon & Carolina Munhoz.


O principal assunto da noite, pelo menos em nossa seção da mesa, foi a seleção de contos e noveletas para a Erótica Fantástica ou, melhor dizendo, para as Eróticas Fantásticas, uma vez que, em virtude da qualidade elevada e da quantidade absurda de submissões, a Editora Draco decidiu lançar em caráter excepcional duas antologias eróticas neste ano.  Procurei distribuir entre os dois volumes, um número igual de autores (10) e autoras (6); brasileiros (13) e portugueses (3); contos hardcore (8) e softcore (8), no que se pese que, neste último quesito, a opinião final ficará a cargo dos leitores.  De todo modo, logramos reunir um timaço de feras, dentre os quais destaco Carlos Orsi Martinho, Jorge Candeias, Antonio Luiz da Costa, Cirilo Lemos e Marcelo Galvão.  Entre as moçoilas, Camila Fernandes, Adriana Simon, Ana Cristina Rodrigues, Valentina Silva Ferreira e Georgette Silen.  Isto para não falar de um punhado de novos valores que, suspeito, ainda darão o que falar.

Falando sobre submissões e análises de ficção curta com Ana Cristina e Tomaz Adour, confessei certa exaustão com a maratona de tentar organizar três antologias fantásticas ao mesmo tempo.  Por seu lado, os dois reclamaram da recepção de originais cujos autores não possuem o domínio da norma culta da língua.  Ana relatou casos de autores que não gostam de ler, mas pretendem escrever...  É difícil.  Nós três declaramos nosso repúdio e ojeriza a diálogos grafados entre aspas e sem o emprego de travessão, como se se tratasse de um texto em inglês.  Isto para não falar as inversões do binômio {substantivo} + {adjetivo}, gerando monstruosidades do tipo “grande e forte homem” ou “incondicional rendição”.

Ana se recuperou bem da cirurgia de redução de estômago e já perdeu quinze quilogramas.  Segundo ela, apenas o início do processo de retorno ao peso normal.

GL-R, Estevão Ribeiro, Ana Cris e Tomaz Adour.


Conversei um bocado com Raphael Draccon sobre nosso amigo comum Fábio Barreto, atualmente radicado na Califórnia.  Além de atuar como jornalista freelancer, Fábio está cursando cinema por lá e já possui um curta-metragem de sucesso a seu crédito.  Ademais, trabalha na conclusão de um romance pós-apocalíptico, cujo título provisório é Filhos do Fim do Mundo.  Raphael e Carolina estiveram com o Fábio em sua tour recente na Costa Oeste dos E.U.A.

Conversei animadamente com Jorge Pereira, Max Mallmann e Ana Cris sobre os enredos e os personagens do universo ficcional da Canção de Gelo e Fogo, do George R.R. Martin.  O problema de discutir essas questões de Game of Thrones numa mesa de bar é que cada participante do bate-papo leu um número diferente de romances e alguns até agora se limitaram a assistir a primeira temporada no HBO, correspondente ao primeiro romance da multissaga.  De qualquer modo, quanto mais me aprofundo nesse universo do Martin (estou no meio de O Festim dos Corvos, quarto da série), mais me convenço de que essa saga é em tudo superior à trilogia O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien.  Felizmente, já adquiri a edição norte-americana de A Dance with Dragons, quinto romance da saga.  A tristeza será quando eu concluir a leitura desse quinto romance, uma vez que o autor só deverá entregar o sexto por volta de 2014 ou 2015...

Galera reunida.

Jardim Botânico, Rio de Janeiro, 29 de fevereiro de 2012 (quarta-feira bissexta).




Participantes:

Ana Cristina Rodrigues
       Carolina Munhoz
       Cláudia Quevedo Lodi
       Estevão Ribeiro
       Gerson Lodi-Ribeiro
       Jorge Pereira
       Max Mallmann
       Raphael Draccon
       Tomaz Adour

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário